sexta-feira, 23 de dezembro de 2011

Almandrade expõe na Caixa Cultural-SP

Mostra documenta cerca de 40 anos de arte do artista plástico baiano.
Entre os dias 03 de dezembro de 2011 e 26 de fevereiro de 2012 estará
em exposição na Caixa Cultural SP a mostra “Almandrade - esculturas,
objetos, pinturas, desenhos, instalação e poemas visuais”. Esta
exposição tem caráter comemorativo e documenta cerca de 40 anos de
arte do artista plástico Almandrade. A entrada é franca.

Esta exposição é um recorte do seu trabalho elaborado em mais de três
décadas de utilização do objeto de arte para estimular o pensamento e
provocar a reflexão, segundo critério fundamentados na racionalidade,
na materialidade e, não por acaso, na economia de dados, sem deixar
que conceitos se sobreponham ao fazer artístico. Almandrade compromete-se
com a pesquisa de linguagens artísticas que envolve artes plásticas,
poesia e conceitos. No percurso do artista, destaca-se a passagem pelo
concretismo e a arte conceitual, nos anos 70, o que contribuiu
fortemente com a incessante busca de uma linguagem singular, limpa, de
vocabulário gráfico sintético. De certa forma, um trabalho que sempre
se diferenciou da arte produzida na Bahia.

O trabalho de Almandrade, tanto pictórico quanto linguístico, vem se
impondo, ao longo de todos esses anos, como um lugar de reflexão,
solitário e à margem do cenário cultural baiano. Depois dos primeiros
ensaios figurativos, no início da década de 70, conquistando uma
Menção Honrosa no I Salão Estudantil, em 1972, sua pesquisa plástica
se encaminha para o abstracionismo geométrico e para a arte
conceitual. Como poeta, mantém contato com a poesia concreta e o
poema/processo, produzindo uma série de poemas visuais. Com um estudo
mais rigoroso do construtivismo e da Arte Conceitual, sua arte se
desenvolve entre a geometria e o conceito. Desenhos em preto-e-branco,
objetos e projetos de instalações, essencialmente cerebrais, calcados
num procedimento primoroso de tratar questões práticas e conceituais,
marcam a produção deste artista na segunda metade da década de 70.

Redescobre a cor no começo dos anos 80 e os trabalhos, quer sejam
pinturas ou objetos e esculturas, ganham uma dimensão lúdica, sem
perder a coerência e a capacidade de divertir com inteligência.

Um escultor que trabalha com a cor e com o espaço e um pintor que
medita sobre a forma, o traço e a cor no plano da tela. A arte de
Almandrade dialoga com certas referências da modernidade, reinventando
novas leituras.



ALMANDRADE
(recebido por e-mail)

sábado, 17 de dezembro de 2011

Expo de Sofia Bauchwitz em Natal-RN





Sofia Bawchwitz é concluinte do curso de Artes Visuais da Universidade Federal do Rio Grande do Norte e vem se revelando como talentosa artista.
Dados curriculares:

Formação Acadêmica

2008-Atual
Universidade Federal do Rio Grande do Norte.
Licenciatura em Artes Visuais (em andamento).

Experiência profissional

02/2011-Atual.
Instituto Ágora – Departamento de Ensino de Línguas Estrangeiras Modernas.
Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Professora estagiária de língua alemã.

06/2009-07/2011.
Universidade Federal do Rio Grande do Norte/Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico.
Bolsista do Programa de Bolsas de Iniciação Científica.
(Pesquisa em torno da Gravura Popular)

Idiomas


Português (Fluente)
Espanhol (Fluente, certificado pelo Diploma de Español como Lengua Extranjera)
Inglês (Avançado)
Alemão (Avançado, certificado pelo OnDaf online-Einstufungstest – Deutsch als Framdsprache)





Formação Complementar

2011     
Albert-Lüdwigs Universität Freiburg im Breisgau (Freiburg im Breisgau, Alemanha)
Curso de inverno de Língua e Cultura Alemãs
Fomentado pelo Deutschland Akademischer Austaushdienst

2010     
Fundação Capitania das Artes/Fundação Joaquim Nabuco (Natal, RN)
                Curso introdutório de Arte Contemporânea (Workshop sobre História da Arte com a curadora                Cristina Tejo)

2010     
Espaço Cultural Casa da Ribeira (Natal, RN)
                Paisagem e Cor (Workshop sobre Arte Ambiental com Fernando Limberger)

2010     
Espaço Cultural Casa da Ribeira (Natal, RN)
                Quando é Arte? Processos Criativos (Workshop sobre Fotografia com Rochelle Costi)

2005     
Taller de Cine Pablo Alvort (Madrid, Espanha)
                Especialista em Atuação I


Trabalhos completos publicados

2011                      Vigilância e Memória: o olhar de Nan Goldin
                               Revista Verbejarte (CLAV-UFRN)

2009                      Ir a los toros: la intimidad española de las toradas
                               Anais da XVII Semana de Humanidades. (CCHLA-UFRN)          
   
Resumos publicados em anais de congressos

 2010                     Arte y Revelación de la deidad en Mark Rothko       
                               Compendio de Resúmenes del XV Congreso Nacional de Filosofia (UBA, Argentina)

Apresentações de Trabalho

2011                      Vigilância e Memória: A poética de Nan Goldin
                               III Semana de Artes Visuais (DEART-UFRN)
                              
2011                      Poéticas da Vigilância: o olhar de Nan Goldin
                               XIX Semana de Humanidades (UFRN)

2010                      Arte y revelación de la deidad en Mark Rothko
                               XV Congreso Nacional de Filosofía (UBA, Argentina)

2009                      Ir a los toros: la intimidad española de las toradas
                               XVIII Semana de Humanidades (UFRN)

2009                      Arte como Paisagem: traduzindo pontos de vista
                               VII Encontro Interinstitucional de Filosofia (UFRN)

Produção Artística

Outros

2011                      I Concurso Itamaraty de Arte Contemporânea
                                Obra selecionada

Exposição Individual

2011                      Tua Ausência, Minha Presença (Funcarte - RN)
                              
2011                      Passa-gens (NAC/UFRN)

2009                      Animais Literários (Funcarte - RN)
               
Exposições Coletivas

2011                      Exposição Anual do GUAP -10 ANOS (Pinacoteca do Estado - RN/GUAP)

2011                      Ao Mar o que é do Mar
                               Proposta de arte efêmera contemplada pelo edital ArtePraia 2011
                               (Casa da Ribeira/Funarte)

2011                      Ventemos!
                               Proposta de arte efêmera contemplada pelo edital ArtePraia 2011
                               (Casa da Ribeira/Funarte)

2011                      VER-O-SONHO (GUAP)
                              
2011                      Eu - Outro (CLAV)
                        
2010                      MAR - (GUAP/SBPC)

2010                      Olhar a Cidade: Fragmentos (DEART/Arte na Escola)
               
2008                      Prêmio Thomé Filgueira de Artes Visuais (FJA-RN)
               
2008                      XII Salão de Artes Visuais (FUNCARTE-RN)
                                              
2008                      qual a cor de deus?
                               Argumento e roteiro
                               Curta metragem (Coletivo Cine8)

Cenários

2011                      Pontos de Vista
                               Cenário para programa de TV: Café Filosófico/TVU (Televisão Universitária - UFRN)