sexta-feira, 10 de dezembro de 2010

Roberto Taufic faz show no dia 17

 Roberto Taufic, nascido em Nata-RN, mas radicado na Itália, faz show na Escola de Música da Universidade Federal do Rio Grande do Norte, no próximo dia 17 de dezembro, às 20h.

“Roberto é um músico completo. Tem uma técnica impecável sempre a serviço da essência musical, um profundo conhecimento harmônico e um incrível senso rítmico. Aliás, quando o assunto é ritmo, é necessário que se dê a Roberto um bom destaque. Ele vem do nordeste do Brasil e assimilou de maneira profunda e particular todos os elementos rítmicos dessa região do Brasil como o samba-de-coco, o baião, o xote, o frevo e o maracatu, entre outros. Essa vivência de anos transformou-se numa grande bagagem musical que resultou numa expressão própria e característica. Agora, ele nos surpreende com um novo trabalho fonográfico representado por dois CDs de excelente qualidade. Opta por se exprimir da forma mais transparente possível, o violão solo, e escolhe um repertório equilibrado e de extremo bom gosto. Além disso, expõem uma grande parte do seu pensamento musical através de suas composições e de seus arranjos. Explora de modo particular os aspectos orquestrais do seu instrumento. Esse é o novo trabalho de Roberto: limpo, transparente e de extremo bom gosto. Fico feliz, honrado e comovido por poder estar próximo a um lançamento dessa categoria.” (Marco Pereira)
“RobertoTaufic é uma dessas agradáveis surpresas que nos aparecem quando a gente pensa que já viu ( ouviu ) tudo. fiquei impressionadíssimo ao ouvir parte do trabalho desse músico incrível, que não conheço pessoalmente ainda, aliás preciso vê-lo tocando para ver se é verdade mesmo aquilo que ouvi. Outro dia re-ouvindo seu cd “eles”, lhe escrevi perguntando : aquela gravação da música  “Upa neguinho” você fez direto ou em vários play-backs ( uma gravação por cima da outra ) ? Ele com uma simplicidade que só os grandes possuem, me respondeu, foi direto mesmo sem nenhum play back e gravei todo o cd direto em 2 dias! Tenho pena do Roberto pois ele não tem mais nada à aprender no seu instrumento, e eu tenho a vantagem de poder passar mais umas 3 reencarnações estudando para tentar chegar perto do meu xará.” (Roberto Menescal)
“Violonista raro totalmente possuído pela arte; toca a “música das notas”, se comunica com o invisível; uma manifestação emocionante que depende apenas do violão como tradutor das palavras que são aparentemente impossíveis de serem ditas por um instrumento. Obrigado Roberto, a música agradece! (Guinga)

(recebido por e-mail)

Nenhum comentário: