segunda-feira, 27 de abril de 2009

Concurso Teatro de Rua e Teatro de Palco- FJA

Veja edital e formulário de inscrição aqui:
http://www.fja.rn.gov.br/fja_site/navegacao/download.asp

domingo, 26 de abril de 2009

Mobile Art... Mídias locativas...

Não cessa a emergência de novos fazeres artísticos, utilizando-se a tecnologia.

"Mobile Art
A expressão “Mobile art” designa certo tipo de produção artística que transita em um meio mais amplo, também chamado de mídia locativa. Por mídias locativas entende-se as mídias, ou dispositivos móveis, voltados para aplicações a partir de um local envolvendo ação de interação à distância. Nessa relação interativa, tanto o dispositivo quanto o espaço e o usuário são partes formadoras inseparáveis na ação. Os principais dispositivos de característica locativa são o celular, o palm, o GPS, os computadores portáteis e vestíveis, bem como aparatos wireless em geral. Os usos que se faz desse tipo de mídia variam desde pura transmissão de informação ou entretenimento até propostas artísticas complexas. Apesar da similaridade entre essas expressões não se trata de sinônimos, mas de alta proximidade entre os conceitos. É possível definir “mobile art” como uma das formas de arte realizadas com mídias locativas, mas nem toda a arte feita com celular se caracteriza como obra qualificada como locativa. Por exemplo, é possível criar-se vídeos, teasers, motion graphics e game art para celular sem envolver a interação à distância na fruição da obra, ou o conceito de local – termo precioso para as mídias locativas. A obra pode ser gravada e acessada a partir da memória do próprio dispositivo, sem requerer a situação de conexão. Ou seja, mesmo que o aparelho se encontre sem sinal de chamada, em local de sombra ou interferência de sinais, é possível visualizar e/ou interagir com a obra."

Para saber mais, acesse:
http://www.cibercultura.org.br/tikiwiki/tiki-index.php?page=-%3Dmobile+art%3D-

Você pode colaborar com a pesquisadora Rosangella Leote, na construção da Enciclopédia de Arte e Tecnologia do Itaú cultural.

Alunos de teatro (atividade de aula)-Dep. de Artes-UFRN


sábado, 25 de abril de 2009

Arte de Vera Bastos





Trabalhos em papel, de Vera Bastos, aluna do curso de Artes Visuais-
Departamento de Artes-UFRN

sexta-feira, 3 de abril de 2009

Colação de Grau- Turma Os Sobreviventes -Deart-UFRN

















Em solenidade simples e bonita, ocorreu, às 19h de hoje, no auditório da Reitoria, a Colação de Grau da turma que se denominou Os Sobreviventes, do curso de Educação Artística (habilitação em Artes Plásticas), já extinto e que deu lugar aos cursos de Teatro, Dança, Artes Visuais e Design.
A abertura ficou por conta do Madrigal, da Escola de Música. Discurso: Gizele Carvalho. Juramento: Roseneide Guedes (Rosi). Láurea: Rosa Marieta. Paraninfo: Prof. Dr. Tassos Lycurgo. Patronesse: Dejardiere Freire (secretária).
Nossos parabéns aos concluintes e desejos de sucesso.
A sociedade precisa de arte, como bem lembrou a Profª Drª Conceição Fraga, vice-diretora do Centro de Ciências Humanas, Letras e Artes. Entregues a atividades artísticas, muitos jovens, certamente, não desperdiçariam as próprias potencialidades criadoras. Não aceitariam tantos convites perniciosos que rondam suas vidas. Não que a função da arte seja exatamente esta: salvar, mas é um (outro) caminho com imensas possibilidades de (auto)construção. "A arte é a grande aliciadora da vida" (Nietzsche).

quarta-feira, 1 de abril de 2009

O Fala sério! começou




Imagem de Artur Souza, artista e nosso aluno do CLAV, quando proferia sua fala na abertura do Projeto Fala Sério! À direita, Sanzia Pinheiro, organizadora do evento, coordenadora do setor de artes visuais da Fundação Capitania das Artes.